Plural

De quantos sons é feito o mundo? Pense na infinita combinação de notas, alturas, volumes, instrumentos, timbres… Pense em cores, cheiros, sabores e nacionalidades. Junte isso tudo numa banda só, aberta e plural.

A viagem ao redor do mundo em todos os tons é da Orquestra Mundana Refugi. Formada inicialmente por migrantes no Brasil, hoje conta com o talento de refugiados de várias partes do mundo. Cada um deles traz seu tom, sua influência. Esse passeio te leva aos rincões do sertão nordestino, com o triângulo ditando o tempo dos dedos da sanfona.

E sem que você perceba, viajou para o Oriente Médio e o tom agudo do alaúde traz outras cores e cheiros para o seu cérebro. A língua falada já não é a mesma, mas as almas se conversam e se entendem sem parar.

O ambiente te envolve e a arte faz o seu papel. Cria imagens na sua cabeça, te transporta por alguns minutos. A música é entre as artes uma das que causam mais sensações, mas é efêmera. Chega, preenche o lugar com todas essas vibrações por instantes e vai embora, deixando o vazio pronto para a próxima experiência.

Essa palavra, que hoje serve para qualquer compra em supermercado, usada em 9 a cada 10 propagandas, não vai ter o mesmo significado para você depois de passar pela Orquestra Mundana Refugi. Experimente.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *